Meus Sites na Web

Saúde do Concurseiro PDF Imprimir E-mail


 alt

Alô concurseiro!

 

A felicidade consiste em três pontos: trabalho, paz e saúde.

 Cuide-se!

 

 FARMÁCIA VIVA

 

 

                     Quem nunca ouviu falar- ou não receitou chazinhos e comprimidinhos naturais infalíveis para acalmar, cicatrizar ou aliviar problemas de estômago? Pois saiba que grande parte desses conhecimentos medicinais populares, que há séculos são utilizados e transmitidos por pessoas leigas, agora têm eficácia comprovada por pesquisas desenvolvidas em universidades e até em grandes laboratórios farmacêuticos. 

                        Cultivar algumas ótimas plantas medicinais em casa é bem mais simples do que muita gente imagina. Não é preciso viver no meio do mato para colher um punhado de erva-cidreira fresca e preparar um saboroso chá, doce alternativa que garante sonhos com os anjos. Um pequeno canteiro no seu jardim ou quintal, como também em vasos na varanda de casa podem servir de morada para essa e outras espécies cheias de propriedades terapêuticas. O convívio com elas é dos mais simples: bastam um pouco de terra, água e sol. 

Além de ajudar a tratar diversos males, algumas plantas exalam aromas deliciosos e embelezam quaisquer espaços.

                        

1. OS PRINCIPAIS CUIDADOS NA HORA DE USAR

 

1)    Utilize somente plantas medicinais conhecidas. Procure conhecer as plantas que são tóxicas; 

2)    Procure conhecer a parte da planta que serve como remédio (raiz, caule, folha ou flor) 

3)    Não colete plantas medicinais nas margens de estradas, rios, córregos poluídos, esgotos e rampas de lixo; 

4)    Procure conhecer o modo de preparar as plantas utilizadas como remédio (infusão, cozimento etc.); 

5)    Lembre-se de que as plantas medicinais, mesmo quando indicadas corretamente para uma doença, podem provocar efeitos indesejáveis ao organismo, se forem tomadas em grandes quantidades e muito concentradas; 

6)    O tempo de tratamento vai variar de acordo com a doença e com a reação do organismo ao tratamento; 

7)    Prepare o chá de preferência em vasilha de barro, esmaltada ou de vidro refratário (que possa ser levada ao fogo); 

8)    De preferência, não adoce os chás. Caso queira adoçá-lo, use açúcar mascavo(escuro), rapadura, ou mel de abelha; 

9)    Os chás, quando indicados para problemas digestivos, devem ser tomados frios e sem açúcar; 

10) Os chás, indicados para gripe, bronquite e febre, devem ser tomados ainda quentes;  

11) Evite chás para crianças que estejam em aleitamento materno até os 6 meses de idade.
 

2. PRINCIPAIS MODOS DE PREPARAR AS PLANTAS MEDICINAIS

  

CHÁ

 

            Existem várias maneiras de se preparar um chá:

 

Por infusão: 

¨       Colocar água fervente sobre a erva dentro de uma vasilha;

¨       Tampar e deixar de 5 a 10 minutos em repouso;

¨       Coar em seguida

 Obs.: Este método é utilizado para folhas, flores, caules finos e para toda planta aromática.

          Nunca deixar o chá para ser tomado no dia seguinte.
 

Por cozimento:

¨       Colocar parte da planta na água fria, depois de bem limpa;

¨       Em  seguida ferver. O  tempo de fervura pode variar de 10 a 20 minutos, dependendo da consistência da parte da planta;

¨       Após o cozimento, deixar em repouso de 10 a 15 minutos;

¨       Em seguida coar

 

Obs.: Este método é indicado, quando se utilizam partes duras, como cascas, raízes e sementes.

 

Por Maceração:

 

¨   Colocar a planta amassada ou picada de molho em água fria por 10 a 24 horas;

¨   Após o tempo determinado coa-se.

 Obs.: para  folhas e sementes, o tempo de molho dura de 10 a 21 horas para talo, cascas e raízes o tempo varia de 22 a 24 horas.

  

Leia Mais ...

 

Anexos:
Fazer download deste arquivo (FARMÁCIA VIVA.pdf)Farmácia viva
 
Joomla Templates by Joomlashack